Quantidade de Páginas visitadas

A Aldeia Rio da Lebre que faz parte das Terras Indígena Rio das Cobras, que segundo dados de julho/2017 da saúde indígena a população geral da Terra Indígena são de 2.631 pessoas, sendo 2.421 da etnia Kaingang e 210 da etnia Guarani. Os pioneiros foram os membros da família Veríssimo, que no ano de 1966 os mesmos vieram da Aldeia Mato Queimado, onde antigamente pertencia a Campo Novo e que hoje é nomeado Quedas do Iguaçu, mais tarde desmembrou-se e atualmente está localizada no município de Espigão Alto do Iguaçu, e se instalaram na Vila Xagu, hoje município de Nova Laranjeiras - Pr,nesse mesmo ano, com a autorização do cacique da Terra Indígena Rio das Cobras, o Senhor Artur e sua família se mudaram para a Comunidade Indígena Rio das Cobras, mais especificamente Aldeia Indígena Rio da Lebre. Não demorou muito e outras famílias Guarani vieram de outras aldeias para se instalarem Identificação Relatar os fatos e dados significativos desde a fundação da escola como: histórico do nome, alterações de denominações, e outros fatos que permitam identificar as várias situações por que tenha passado o estabelecimento de ensino. Este espaço é destinado a informações para que o leitor possa conhecer a identidade da escola. No ano de 1994, o chefe do Núcleo Regional de Educação de Guarapuava deu o parecer favorável à instalação da Escola Rural Municipal Carlos Alberto Cabreira Machado. Na década de 90, a Terra Indígena do Rio das Cobras, onde está Situada a Comunidade Indígena de Rio da Lebre, tinha como chefe da FUNAI (Fundação Nacional do Índio), este senhor, Carlos Alberto Cabreira Machado, que veio a falecer tragicamente em um acidente de trator, preparando as terras para o plantio. Sendo assim, a escola possui este nome em homenagem a este senhor.





Validador

CSS válido!

Secretaria de Estado da Educação do Paraná
Av. Água Verde, 2140 - Água Verde - CEP 80240-900 Curitiba-PR - Fone: (41) 3340-1500
Desenvolvido pela Celepar - Acesso Restrito